quarta-feira, 4 de junho de 2014

Messi e Cristiano Ronaldo batem Neymar em lista de ameaça virtual.

Messi e Cristiano Ronaldo batem Neymar em lista de ameaça virtual

Nomes dos jogadores são usados para disseminar de vírus a spams.
McAfee 'escala' os 11 atletas da Copa mais ligados a programas maliciosos.

Do G1
 
Neymar, da seleção brasileira, comemora gol durante amistoso contra o Panamá, no Estádio Serra Dourada, em Goiânia (Foto: Ueslei Marcelino/Reuters) 
Neymar, da seleção brasileira, comemora gol durante amistoso contra o Panamá, no Estádio Serra Dourada, em Goiânia (Foto: Ueslei Marcelino/Reuters)
 
 
A McAfee, empresa de segurança da Intel, elaborou uma lista dos 11 jogadores que estarão na Copa do Mundo e são os mais usados por criminosos virtuais para espalhar códigos maliciosos que infectam os computadores de internautas. O português Cristiano Ronaldo é campeão, seguido pelo argentino Lionel Messi. A dupla deixa para trás o brasileiro Neymar, que ocupa a quinta posição.
A McAfee colocou seu time de pesquisa em campo para calcular o risco que um internauta corre ao buscar na internet pelo nome dos atletas. Os jogadores que têm os nomes vinculados a mais sites que hospedem malwares receberam um percentual de risco maior. Em tempos de grandes eventos esportivos, os cibercriminosos aproveitam a curiosidade alheia para espalhar seus programas maliciosos.
Messi (Foto: Alvaro Barrientos / AP Photo)
Messi (Foto: Alvaro Barrientos / AP Photo) Quem busca por Cristiano Ronaldo tem uma probabilidade de 3,76% de acessar um site que contenha alguma ameaça, como spyware, adware, spam, phishing ou vírus. A de Messi é 3,72%. Completam o top cinco o goleiro espanhol Iker Casillas (3,34%), Neymar (3,14%) e o argelino Karim Ziani (3%). O outro brasileiro da lista é o volante Paulinho. (Veja a lista completa abaixo).
Segundo a empresa, os torcedores correm maior risco ao visitar sites que ofereçam downloads de protetores de tela e de vídeos com imagens dos jogadores. A dica da McAfee é redobrar o cuidado ao tentar acessar conteúdos que exijam o download de algum arquivo. Se for imprescindível salvar algum documento, o ideal é baixá-lo dos sites oficiais.
Buscar pela expressão “downloads gratuitos” torna a pesquisa mais propensa a exibir resultados que contenham códigos maliciosos. A McAfee orienta ainda buscar informações importantes em sites de confiança. Entretante, nem isso garante segurança completa, pois até mesmo essas páginas podem ser comprometidas.

Lista da McAfee dos 11 jogadores que têm maior probabilidade de risco:

1 Cristiano Ronaldo (Portugal)
2 Lionel Messi (Argentina)
3 Iker Casillas (Espanha)
4 Neymar (Brasil)
5 Karim Ziani (Argélia)
6 Karim Benzema (França)
7 Paulinho (Brasil)
8 Edinson Cavani (Uruguai)
9 Fernando Torres (Espanha)
10 Eden Hazard (Bélgica)
11 Gerard Piqué (Espanha)

Nenhum comentário:

Postar um comentário