sexta-feira, 6 de junho de 2014

Funcionários do HSJD rejeitam proposta e entram em greve.

Funcionários do HSJD rejeitam proposta e entram em greve

Procedimentos eletivos podem ser cancelados em Divinópolis.
Sindicado informou que proposta apresentada pelo hospital foi negada.

Do G1 

 
funcionários decretaram greve na manhã desta
sexta-feira (6) (Foto: Reprodução/TV Integração)
funcionários decretaram greve na manhã desta sexta-feira (6) (Foto: Reprodução/TV Integração) Funcionários do Hospital São João de Deus (HSJD), em Divinópolis, entraram em greve nesta sexta-feira (6). De acordo com a assessoria da instituição, os procedimentos eletivos, como cirurgias, podem ser cancelados caso não haja funcionário suficiente nos setores.
De acordo com o Sindicato Profissional dos Enfermeiros e Empregados em Hospitais de Divinópolis (SINDEESS), desde abril eles tentam negociar reajuste salarial de 15% e melhorias nas condições de trabalho, como aumento no valor do tíquete de alimentação de R$ 70 para R$ 150.
Ainda de acordo com a assessoria de comunicação do Hospital São João de Deus, por conta da situação financeira o reajuste oferecido foi de 5,62% e tíquete de R$ 100. O hospital também informou que segue os mesmos salários oferecidos pelos principais hospitais de Belo Horizonte e que não será oferecido nenhum valor acima do que já foi repassado.


Greve foi decretada em HSJD em Divinópolis (Foto: Reprodução/TV Integração)Greve foi decretada no HSJD em Divinópolis
(Foto: Reprodução/TV Integração)

O SINDEESS informou ao G1 que a proposta do hospital não foi aprovada, por unanimidade. Por isso, a greve está decretada por tempo indeterminado.
 
Greve em 2013

Em 2013, os funcionários do Hospital São João de Deus também paralisaram as atividades, que chegou ao fim após a entrega de uma carta formal do SINDEESS, ao então superintendente do hospital Euler Baumgratz, destituído do cargo no dia 5 de setembro.

Greve será por tempo indeterminado (Foto: Rubens Souza/Divulgação) 
Greve será por tempo indeterminado, segundo o sindicato (Foto: Rubens Souza/Divulgação)

Nenhum comentário:

Postar um comentário