segunda-feira, 9 de junho de 2014

Criança morre em Arcos, MG, após tomar remédios que eram do avô.

Criança morre em Arcos, MG, após tomar remédios que eram do avô

Pai de menino de dois anos relatou à PM que ele ingeriu comprimidos.
Polícia Civil vai investigar o caso; corpo foi enterrado nesta segunda (9).

Anna Lúcia Silva Do G1 
 
A Polícia Civil vai instaurar um inquérito para apurar a morte de um menino de dois anos em Arcos, no Centro-Oeste do estado. O fato ocorreu neste domingo (8) e, segundo informações do Boletim de Ocorrência da Polícia Militar (PM), o garoto ingeriu cerca de 100 comprimidos que pertenciam ao avô. O corpo da criança foi velado e enterrado nesta segunda-feira (9), na cidade.
Segundo informações da polícia, a família estava reunida em casa quando o garoto desmaiou e foi levado pelo pai de 45 anos para Pronto Socorro Municipal de Arcos. Quando chegou ao local o garoto apresentava fortes convulsões e uma equipe médica tentou reanimá-lo.
A PM foi acionada para comparecer à unidade de saúde. O pai da criança informou durante aos militares que percebeu que a criança havia ingerido os comprimidos do avô após checarem os frascos onde eles ficam, dentro do banheiro. “Ele disse que havia um frasco com 30 unidades e esse só estava com 10, o outro tinha 100 comprimidos e só contava com 10 unidades”, relatou o sargento Jonas Otaviano Costa.
O G1 entrou em contato com a família do garoto por telefone e, o tio da criança, que não quis ser identificado, disse que nenhum parente e nem os pais iriam falar sobre o assunto. “Estão todos abalados e sem condições de falar”, disse.

Nenhum comentário:

Postar um comentário