quarta-feira, 25 de junho de 2014

Criança de cinco anos fuma maconha e vai para hospital em MG.

Criança de cinco anos fuma maconha e vai para hospital em Dores do Indaiá

Três suspeitos foram detidos por oferecer droga à criança.
Vítima foi encontrada pela mãe passando mal.

Marina Alves e Bárbara Almeida Do G1 

 
Uma criança de cinco anos foi parar no hospital após fumar maconha no último sábado (21), em Dores do Indaiá. Dois jovens de 18 e 19 anos, suspeitos de oferecer a droga ao menino, continuam detidos na delegacia de Bom Despacho. Um adolescente de 16 anos, também suspeito de oferecer a droga, foi ouvido pelo delegado de plantão e liberado.
Segundo a Polícia Militar, o menino estava em casa com os suspeitos, entre eles dois primos, quando o trio ofereceu um cigarro a ele. A mãe encontrou o garoto já passando mal e vomitando após ingerir a fumaça da droga.
A criança foi atendida na Santa Casa de Dores do Indaiá com hiperemia ocular, irritação que provoca a coloração vermelha nos olhos. O trio foi detido pelos policiais e levados para a delegacia de Bom Despacho.
O G1 ligou para a delegacia para saber mais informações da prisão dos dois jovens, mas ninguém atendeu as ligações. O G1 também ligou para a Santa Casa, para pegar mais informações do estado de saúde do menino, mas ninguém soube passar detalhes do caso.


Efeitos da droga em uma criança

De acordo com o clínico geral Régis Wilson Beltrão, os efeitos da droga em uma criança vão de confusão mental temporária, agitação, crise convulsiva, hiperemia ocular e intoxicação. “A apresentação destes sintomas dependem da quantidade de droga que foi ingerida por uma criança, da quantidade de fumaça que ela tragou. Passado os efeitos, a criança não apresentará sequelas”, informou.

Nenhum comentário:

Postar um comentário