quarta-feira, 7 de maio de 2014

Jovem canadense portadora de vitiligo vira modelo.

Jovem canadense portadora de vitiligo vira modelo

Garota de 19 anos sofreu bullying por causa de doença de pele.
Hoje ela se sente representante das pessoas que têm essa condição.

Do G1

Jovem trabalha como modelo (Foto: Reprodução/Instagram/winnieharlow) 
Jovem trabalha como modelo (Foto: Reprodução/Instagram/winnieharlow)
 
Uma jovem canadense portadora de vitiligo, doença que afeta a pigmentação da pele, transformou-se em modelo e está na próxima temporada da série “America´s next Top Model” na TV americana. Chantelle Brown-Young tem 19 anos teve a doença diagnosticada aos 4 anos e, desde então, sofreu muito bullying na escola, ganhando apelidos como “zebra” e “vaca” por cusa das manhcas brancas na pele.
Atualmente ela se define nas redes sociais como uma modelo porta-voz das pessoas que têm vitiligo. Recentemente, ela foi convidada para ir à sua antiga escola para fazer uma apresentação motivacional.
"Já desejou poder voltar a você mesmo quando mais jovem e dizer 'não se preocupe, vai melhorar'? escreveu ela recentemente no Instagram, ao lado de uma foto sua da infância.
O vitiligo é uma doença autoimune em que as células do sistema de defesa do organismo atacam os melanócitos, células produtoras de melanina (pigmento que dá cor à pele).

Chantelle sofreu bullying na infância (Foto: Reprodução/Instagram/winnieharlow) 
Chantelle sofreu bullying na infância (Foto: Reprodução/Instagram/winnieharlow)
Charlene participará do "America´s Next Top Model" (Foto: Reprodução/Instagram/winnieharlow) 
Charlene participará do "America´s Next Top Model" 
(Foto: Reprodução/Instagram/winnieharlow)

Nenhum comentário:

Postar um comentário