terça-feira, 13 de maio de 2014

Garota é acusada de vender bolacha recheada com sêmen na escola para vingar bullying.

Garota é acusada de vender bolacha recheada com sêmen na escola para vingar bullying

 
Foto: Reprodução/Techmestre


Uma adolescente californiana, aluna do décimo ciclo escolar está sendo investigada após contar que vendeu bolachas com "fluídos corporais" aos colegas de escola. A aluna do Centennial High School, em Bakersfield, Califórnia, fez isso para se vingar de colegas que haviam praticado bullying com ela no dia 29 de abril, segundo informa esta matéria do jornal inglês Daily Mirror.

A história foi descoberta quando um dos valentões perguntou a ela o motivo do gosto ruim da bolacha. Para fabricar o biscoito, ela teria usado sêmen, pelos pubianos, comprimidos de remédios e farinha vencida, segundo uma outra aluna. O sêmen teria sido fornecido por um colega disposto a colaborar com a vingança da garota. Os quitutes causaram problemas estomacais em um dos rapazes.
Já a polícia diz que tudo não passa de "um trote de colegial", pois os laudos toxicológicos não indicam substâncias estranhas nas bolachas e cupcakes vendidos pela garota. Ela teria usado maionese e molhos para adulterar o sabor das bolachas e, assim, dar uma lição nos colegas que a incomodavam. A polícia baniu comida feita fora da escola e as bolachas foram destruídas. Acha justo a garota ter se vingado?

Nenhum comentário:

Postar um comentário