sábado, 31 de maio de 2014

Acusado de matar Dorothy Stang no PA é internado em MG após acidente.

Acusado de matar Dorothy Stang no PA é internado em MG após acidente

Fazendeiro trafegava na BR-265, em São João del Rei.
Familiares disseram que ele pode perder o braço esquerdo.

Do G1

 
Acidente Regivaldo Doroty Stang São João del Rei (Foto: Reprodução/TV Integração) 
Acusado de matar Doroty Stang se envolveu em acidente na BR-265 
(Foto: Reprodução/TV Integração)


O fazendeiro acusado de mandar matar a missionária Dorothy Stang em 2005, Regivaldo Pereira Galvão, de 48 anos, está internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Nossa Senhora das Mercês, em São João del Rei (MG). Ele se envolveu em um acidente na BR-265 na manhã desta quinta-feira (29) e foi encaminhado em estado grave ao hospital. O G1 entrou em contato com a instituição, mas esta não deu outros detalhes do estado de saúde da vítima.
De acordo com a Polícia Militar Rodoviária (PMR), ele dirigia um carro com placas do Rio de Janeiro, sentido São João del Rei, quando perdeu o controle em uma curva no km 244. Na hora do acidente um caminhão carregado com pneus vinha em sentido contrário e precisou frear para evitar uma batida frontal. Ainda conforme a PMR, o condutor do caminhão desviou o veículo para a lateral da pista e o veículo de Regivaldo acabou batendo no eixo traseiro, vindo a capotar por cerca de 45 metros e cair em um buraco na lateral da pista.
O motorista e o passageiro do caminhão não sofreram ferimentos. A PMR também informou que o trecho da BR-265 é conhecido pelo alto índice de acidentes.
Equipes do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e Corpo de Bombeiros atenderam a ocorrência e Regivaldo foi encaminhado ao hospital. Segundo a PMR, havia suspeita de que ele corria risco de perder o braço esquerdo. Informação que foi confirmada por familiares da vítima, que também informaram que ele feriu as duas pernas e os dois braços.
Os familiares também relataram para a reportagem que Regivaldo dirigia um carro de passeio  com destino a Minas Gerais, quando cochilou no volante e bateu em um caminhão que estava circulando no sentindo contrário. Conforme o condutor narrou aos parentes, ele acordou com a buzina do caminhão e conseguiu desviar o carro para não bater de frente. A família afirmou que o estado de saúde é delicado, mas que ele está lúcido.


Dorothy Stang

A missionária Dorothy Stang defendia a implantação de assentamentos para trabalhadores rurais em terras que eram reivindicadas por fazendeiros e madeireiros. Ela foi morta em fevereiro de 2005, em Anapu, oeste do Pará. O fazendeiro chegou a ser acusado, mas já está em liberdade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário