segunda-feira, 14 de abril de 2014

Suspeita de matar bebês nos EUA tem fiança fixada em US$ 6 milhões.

Suspeita de matar bebês nos EUA tem fiança fixada em US$ 6 milhões

Megan Huntsman é suspeita de matar seis filhos seus.
Sete corpos foram encontrados em casa, mas um teria nascido morto.

Da AFP

Megan Huntsman, acusada de matar bebês recém-
nascidos nos EUA (Foto: AP Photo/Utah County Jail)
Megan Huntsman, acusada de matar bebês recém-nascidos nos EUA (Foto: AP Photo/Utah County Jail) A justiça de Utah, no oeste dos Estados Unidos, fixou nesta segunda-feira (14) uma fiança de US$ 6 milhões de dólares para Megan Huntsman, suspeita de assassinar seis bebês cujos corpos foram encontrados em sua antiga casa.
"Compareceu ao tribunal hoje (segunda-feira) e lhe foi imposta uma fiança de US$ 6 milhões, um milhão por cada morte", disse à AFP Mike Smith, chefe da polícia de Pleasant Grove, cidade de 35 mil habitantes onde os crimes ocorreram.
Apesar de a polícia ter encontrado os corpos de sete bebês no jardim da antiga casa de Huntsman, 39 anos, ela é suspeita de ter matado seis, pois um deles teria nascido já morto. "Estamos investigando isto com os médicos forenses".
Segundo a imprensa local, Megan Huntsman estrangulou os bebês logo após seu nascimento. A mulher está detida desde o domingo.
"Estamos investigando os motivos para saber por que e como ocorreram estes crimes. Na minha opinião, e não importa o que vamos encontrar, é inimaginável que uma mãe possa fazer algo assim", disse Smith.
O fiscal do condado de Utah, Jeff Buhman, revelou ao jornal The Salt Lake Tribune que o valor da fiança leva em conta o risco de fuga 'e o fato de que foi um crime horrível e atroz'.
A polícia de Pleasant Grove recebeu no sábado, 12 de abril, um telefonema de familiares de Huntsman alertando sobre o corpo de um bebê.
"Estavam limpando a garagem e encontraram uma caixa, quando a abriram verificaram que havia um bebê morto", revelou o chefe de polícia.
"Nossos oficiais foram até a casa e confirmaram a descoberta. Seguiram vasculhando e encontraram outros seis corpos de bebês em caixas".
De acordo com a polícia, Huntsman residiu na casa onde estavam os corpos até 2011. Atualmente, moram no local suas três filhas maiores - de 13, 18 e 20 anos - junto com outros familiares.

Nenhum comentário:

Postar um comentário