sábado, 15 de março de 2014

Temporal derruba muro de presídio e detentas fogem.

Temporal no Sul de SC derruba muro de presídio e três detentas fogem

Direção da unidade informou que equipes trabalham para recapturá-las.
Chuva acompanhada de vento forte caiu na tarde deste sábado (15).

Cristiano Anunciação Do G1 


Parte do muro da ala feminina do Presídio de Criciúma caiu durante chuva forte neste sábado (15) (Foto: Defesa Civil/Divulgação) 
Parte do muro da ala feminina do Presídio de Criciúma caiu durante chuva forte neste sábado (15) (Foto: Defesa Civil/Divulgação)
 
 
Um temporal, com chuva e vento forte, caiu na tarde deste sábado (15) no município de Criciúma, no Sul de Santa Catarina, e derrubou parte do muro da ala feminina do Presídio da cidade. Após a queda, três detentas fugiram. A ação ocorreu durante o horário de visitas, por volta das 14h, momento em que as presas têm acesso ao pátio da unidade. Duas caixas d'água também foram danificadas pela chuva torrencial, que durou cerca de 10 minutos.
Segundo o diretor do Presídio, Jovino Bagio Zanelato, equipes trabalhavam na tarde deste sábado (15) para recapturar as detentas. "De imediato, efetuamos buscas pelas redondezas com o apoio da Polícia Militar. Estamos mantendo a segurança da unidade para impedir a fuga de outras presas. Elas foram encaminhadas para os alojamentos", explicou.
Até as 16h deste sábado (15), as fugitivas ainda não haviam sido encontradas. Conforme Zanelato, elas são consideradas foragidas. A Defesa Civil de Criciúma informou que esta é a oitava ocorrência de chuva forte com prejuízos materiais ao município desde o último dia 10 de janeiro.

O ginásio de esportes que estava em construção teve a estrutura completamente destruída (Foto: Defesa Civil/Divulgação)O ginásio de esportes que estava em construção
teve a estrutura completamente destruída
(Foto: Defesa Civil/Divulgação)
 
De acordo com o Corpo de Bombeiros, a chuva começou por volta das 14h e durou cerca de 10 minutos. A Defesa Civil comunicou que foram registrados destelhamentos em torno de 20 residências. Além disso, quase 20 árvores caíram em ruas e passeios da cidade, mas ninguém ficou ferido.
Ainda conforme as informações, o telhado e parte da estrutura do ginásio de esportes que estava em construção foram completamente destruídos e um posto de saúde foi parcialmente destelhado. O órgão municipal afirmou que vai fazer um levantamento dos prejuízos. Os bombeiros atuavam na tarde deste sábado (15) no corte e na retirada das árvores das vias.

Nenhum comentário:

Postar um comentário