quarta-feira, 26 de março de 2014

Motorista dirige carreta em chamas para evitar que fogo se espalhasse.

Motorista dirige carreta em chamas para evitar que fogo se espalhasse

Caminhão-tanque descarregava carga de etanol quando incêndio começou.
Homem teve queimaduras de 2° grau nas pernas, braços e rosto, em Goiás.

Do G1 GO

Um motorista dirigiu um caminhão-tanque em chamas por cerca de 300 metros para evitar que o fogo se alastrasse pelo galpão da empresa de aviação agrícola onde ele descarregava uma carga de etanol, na cidade de Rio Verde, no sudoeste goiano, na terça-feira (25). Simael Ferreira, de 52 anos, sofreu queimaduras de 2° grau nas pernas, nos braços e em parte do rosto.
O motorista está internado na Unidade de Pronto Atendimento da cidade, e seu estado de saúde é regular. O hospital informou que ele não corre risco de morte, mas deve ser transferido para o Hospital de Queimaduras de Goiânia assim que surgir uma vaga.
Segundo o Corpo de Bombeiros, apesar de o motorista ter transferido a carreta do local para uma estrada vicinal quando o incêndio começou, o fogo atingiu o galpão da empresa, usado para estocar combustível.
"O tanque tem uma capacidade de 15 mil litros de álcool e ficou totalmente em chamas. Nossa equipe teve um trabalho de 4 horas para debelar o incêndio", disse o subtenente dos Bombeiros Mard Porfírio.
O funcionário de uma granja vizinha contou que conseguiu ver as chamas a quilômetros do local. "Nós ouvimos a explosão. Daí, meu filho olhou pra cá e disse que estava pegando fogo. Vimos o fogo no caminhão e no galpão, estava muito alto mesmo", afirmou.
A empresa responsável pelo galpão não se pronunciou sobre o ocorrido até a publicação desta reportagem.

Caminhão fica destruído e pneus derreteram por causa de fogo, em Rio Verde, Goiás (Foto: Reprodução/ TV Anhanguera) 
Caminhão fica destruído e pneus derreteram por causa do fogo 
(Foto: Reprodução/TV Anhanguera)

Nenhum comentário:

Postar um comentário