sexta-feira, 21 de março de 2014

Mãe diz que 'intuição' ajudou a localizar corpo da filha estuprada.

Mãe diz que 'intuição' ajudou a localizar corpo da filha estuprada

Garota de 11 anos foi estuprada e assassinada a pauladas no interior de SP.
Homem confessou ter assassinado a garota e disse estar arrependido.

Do G1 


Menina de 11 anos foi encontrada morta após ter
sido estuprada (Foto: Arquivo Pessoal)
Menina de 11 anos foi encontrada morta após ter sido estuprada (Foto: Arquivo Pessoal) A mãe da menina que foi morta após ter sido estuprada por um conhecido da família, no interior de São Paulo, afirma que jamais desconfiou das atitudes do homem. Segundo ela, o medo de que tivesse acontecido alguma coisa errada com a filha, de 11 anos, apareceu quando o outro filho dela, de 16, voltou da escola sem a irmã.
O crime chocou a pequena cidade de Miracatu, localizada no Vale do Ribeira. Na quarta-feira (19), os dois irmãos, que costumavam ir à escola juntos, saíram de casa em horários diferentes. Ao ver apenas o filho retornar sozinho, a mãe, Andrea da Silva Ribeiro, ficou preocupada e começou a procurar a filha pelas casas de amigas. "Meu filho ligou e falou que ela não foi para a aula. Aí nós começamos a buscar na casa de amigas. Paramos lá embaixo e deu uma vontade de entrar naquele mato. Tive uma intuição. Chegando lá, meu filho encontrou ela morta”, lamenta a mãe.
Após tentar localizar a menina, sem sucesso, a mãe diz ter tido uma intuição e passou a verificar os arredores da mata por onde a garota passava, próxima ao trajeto para ir até a escola. O irmão dela foi quem encontrou o corpo no meio da mata, sem algumas roupas e com marcas de um golpe na cabeça.
Horas depois, a polícia localizou o suspeito, que era conhecido da família e fazia o mesmo trajeto que a menina para ir trabalhar. Na delegacia, segundo a polícia, ele confessou o crime e afirmou estar arrependido.
O corpo da vítima foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML) da cidade onde serão realizados exames necroscópico, de conjunção carnal e DNA do sangue. O caso está registrado na delegacia de Miracatu.


Suspeito confessou ter matado garota e foi preso em Miracatu, SP  (Foto: Rinaldo Rori / G1) 
Suspeito confessou ter matado garota e foi preso em Miracatu, SP (Foto: Rinaldo Rori / G1)

Nenhum comentário:

Postar um comentário