sexta-feira, 28 de março de 2014

Família 'destrói' banheiro para salvar cão recém-nascido que caiu em cano.

Família 'destrói' banheiro para salvar cão recém-nascido que caiu em cano

Guerreiro foi salvo por bombeiros de Limeira após mais de 1h de resgate.
Moradoras da casa usam sanitário de parentes: 'Valeu a pena', diz a mãe.

Do G1 

Verônica segura Guerreiro o novo membro da família em Limeira (Foto: Veronica Cristina de Souza/acervo pessoal) 
Verônica segura Guerreiro, o novo mascote da família 
(Foto: Verônica Cristina de Souza/acervo pessoal)
 
Uma família de Limeira (SP) está sem poder utilizar o banheiro de casa desde terça-feira (25), quando autorizou a destruição do encanamento para salvar um cãozinho recém-nascido que ficou preso na tubulação da residência, no bairro Parque Nossa Senhora das Dores. O animal, que ganhou o nome de Guerreiro, foi salvo por uma equipe do Corpo de Bombeiros após uma hora e meia de resgate. Ele seria colocado para doação, mas virou o novo mascote da casa.

Banheiro precisou ser quebrado para o resgate
(Foto: Verônica Cristina de Souza/acervo pessoal)
Banheiro precisou ser quebrado para salvar cão de encanamento de casa em Limeira (Foto: Verônica Cristina de Souza/acervo pessoal) Pandora, a cadela da família, deu cria na madrugada de sábado (22). Nasceram 10 filhotes, mas um morreu. Ela teve os cachorrinhos embaixo de uma mesa, local onde havia uma pedra de mármore que cobria um cano. "Conforme ela amamentava, acabou empurrando a tampa e o Guerreiro caiu no encanamento na terça-feira e ficou preso”, relatou estudante Verônica Cristina de Souza, de 17 anos.
A jovem contou que chegou em casa e escutou o choro de um dos cães, mas não sabia onde ele estava. Ela afirmou ainda que ouviu o gemido do cão no chão até perceber que o animal havia caído no encanamento. A estudante tentou tirá-lo com uma mangueira, mas não conseguiu e acionou o Corpo de Bombeiros de Limeira.
Depois de ligar para a corporação, a jovem disse que comunicou a mãe sobre o que estava acontecendo. “A princípio ela não acreditou, mas depois autorizou os bombeiros a quebrarem o que fosse preciso para retirar o cachorro com vida. E foi o que aconteceu. Minha mãe até chorou", disse. Foi preciso remover o vaso sanitário e quebrar todo o encanamento do banheiro para retirar Guerreiro da tubulação.
Desde o dia que o banheiro foi quebrado, mãe e três filhas "emprestam" o sanitário de parentes para tomar banho e fazer as necessidades. "A gente sabe que o conserto não vai ficar barato, mas valeu a pena. Ainda não sabemos quanto vamos gastar. O pedreiro virá no sábado (29) fazer  o orçamento", contou a dona de casa Matilde Carmem das Neves, de 53 anos.


Novo mascote

Apesar do prejuízo, as moradoras da casa estão felizes com o novo mascote. Verônica disse que todos os nove filhotes seriam doados, mas agora Guerreiro ficará com a família, que além de Pandora tem Spyke, de 7 anos.

Depois de susto Guerreiro descansa em Limeira (Foto: Verônica Cristina de Souza/acervo pessoal) 
Depois do 'susto', Guerreiro descansa em Limeira 
(Foto: Verônica Cristina de Souza/acervo pessoal)

Cadelas amamentado os filhotes em casa em Limeira (Foto: Verônica Cristina de Souza/acervo pessoal) 
Cadela Pandora amamenta os filhotes em Limeira 
(Foto: Verônica Cristina de Souza/acervo pessoal)

Nenhum comentário:

Postar um comentário