segunda-feira, 31 de março de 2014

Cubano do Mais Médicos é encontrado morto em Brasília.

Cubano do Mais Médicos é encontrado morto em Brasília

Com base em informações preliminares, a Polícia Civil suspeita que o médico de 52 anos, que não teve o nome divulgado, tenha cometido suicídio

Marcela Mattos, de Brasília
Médico cubano do programa Mais Médicos é encontrado morto em Brasília
Médico cubano do programa Mais Médicos é encontrado morto em Brasília 
 (Erasmo Salomão/ASCOM/MS)

Um médico cubano participante do programa Mais Médicos, do governo federal, foi encontrado morto na tarde desta segunda-feira no hotel onde morava, em Brasília. Com base em informações preliminares, a Polícia Civil suspeita que o médico de 52 anos, que não teve o nome divulgado, tenha cometido suicídio. Ele foi encontrado com um lençol enrolado no pescoço.

O corpo do cubano passa por exame do Instituto de Medicina Legal (IML). A Embaixada de Cuba aguarda a liberação para poder enviá-lo ao seu país. De acordo com o Ministério da Saúde, todo o trâmite será coordenado pela Organização Pan-Americana de Saúde (Opas), órgão que faz a intermediação da vinda de cubanos ao Brasil, conforme previsto em contrato firmado entre os países.
O cubano não estava atendendo pelo programa. Segundo o Ministério da Saúde, ele ainda passava pelas etapas preliminares previstas pelo Mais Médicos. A pasta não informou há quanto tempo o médico estava em Brasília.

Resistência muscular protege o coração de pré-adolescentes.

Resistência muscular protege o coração de pré-adolescentes

Pesquisa concluiu que jovens de 10 a 12 anos com maior força muscular apresentam menos fatores de risco para doenças cardíacas e diabetes

Chegar à pré-adolescência com uma boa resistência muscular ajuda a evitar doenças cardíacas e metabólicas
Chegar à pré-adolescência com uma boa resistência muscular ajuda a evitar doenças cardíacas e metabólicas (Thinkstock)
 
Pré-adolescentes que têm uma maior resistência muscular correm menos risco de sofrer doenças cardíacas e diabetes ao longo da vida, concluiu uma pesquisa publicada nesta segunda-feira na revista médica Pediatrics. O estudo mostrou que, ao contrário do que muitos especialistas pensam, o peso, o sedentarismo e uma capacidade cardiorrespiratória ruim não são as únicas causas diretas de distúrbios do coração e do metabolismo na adolescência.
A pesquisa, desenvolvida na Universidade de Michigan, nos Estados Unidos, avaliou cerca de 1 400 meninos e meninas de 10 a 12 anos de idade. Os autores levaram em consideração aspectos como percentual de gordura corporal, níveis de glicose e colesterol no sangue e pressão arterial de cada jovem.

O estudo revelou que jovens com maior resistência muscular tendem a apresentar um menor índice de massa corporal (IMC), menor percentual de gordura no corpo, uma circunferência abdominal mais reduzida e uma melhor capacidade cardiorrespiratória do que os outros pré-adolescentes. Todos esses aspectos são levados em consideração na hora de calcular o risco de uma pessoa ter problemas cardiometabólicos.

Segundo os pesquisadores, esses resultados mostram a importância de se elaborar estratégias que não apenas mantenham um IMC saudável entre os jovens, mas que melhorem a resistência muscular deles. "Exercícios, esportes e até mesmo atividades recreativas que ajudam a adquirir força muscular deveriam complementar as intervenções de emagrecimento entre crianças e adolescentes", diz Mark Peterson, pesquisador do Departamento de Medicina Física e Reabilitação da Universidade de Michigan, nos Estados Unidos.

Sobe para 78 número de mortes causadas pelo Ebola em Guiné.

Guiné: mortes por surto de Ebola chegam a 78

Segundo a organização humanitária Médicos Sem Fronteiras, a epidemia não tem precedentes no país

Vírus causador da ebola
Vírus causador da ebola (Reprodução)


Subiu para 78 o número de mortos na Guiné por causa de um surto do vírus Ebola, informaram nesta segunda-feira autoridades de saúde locais. Segundo o Ministério da Saúde da Guiné, os primeiros casos surgiram nas florestas ao sul do país. De lá, um paciente infectado levou o vírus à capital Conacri, que tem cerca de 2 milhões de habitantes.
Nesta segunda-feira, a organização humanitária Médicos Sem Fronteiras (MSF) classificou o surto de Ebola como uma epidemia sem precedentes. "Estamos diante de uma epidemia de magnitude nunca antes vista em termos de distribuição no país, porque atingiu a região sul e agora a capital", escreveu o coordenador da MSF na Guiné, Mariano Lugli, em uma nota enviada à imprensa.

O país vizinho Senegal fechou as fronteiras com a Guiné para evitar que pessoas infectadas com o vírus entrem em seu território. A Libéria, que também faz divisa com a Guiné, confirmou dois casos, entre eles uma morte. O surto de Ebola na Guiné é o primeiro do tipo na África Ocidental em duas décadas.
(Com Estadão Conteúdo)

Corpo esquartejado é encontrado no centro de Porto Alegre, RS.

Corpo esquartejado é encontrado no centro de Porto Alegre

Caso é semelhante ao que ocorreu em São Paulo há uma semana

Corpo de um homem foi encontrado esquartejado dentro de um contêiner de coleta de lixo na madrugada desta segunda-feira, no centro de Porto Alegre
Cabeça da vítima foi achada por um catador que vasculhava caçambas de lixo  
(Diogo Zanatta/Agência RBS/Folhapress)

 
Um corpo esquartejado foi encontrado, na noite deste domingo, em uma caçamba de lixo no centro de Porto Alegre (RS). O corpo da vítima, identificada como Valdinei Costa, de 25 anos, estava cortado em seis pedaços e embalados em sacos de lixo, segundo o jornal Zero Hora. Uma catadora encontrou a cabeça enquanto revirava a caçamba e acionou a polícia.
Segundo o delegado Felipe Bringhenti, responsável pelo caso e ouvido pelo Zero Hora, a mãe da vítima foi localizada em uma cidade da região metropolitana de Porto Alegre. A investigação, neste momento, será voltada para a análise de imagens captadas por câmeras de segurança posicionadas próximas ao local onde o corpo foi encontrado. Em outra caçamba de lixo próxima, a polícia encontrou uma faca quebrada, um estilete e uma almofada suja de sangue. O material será periciado para comprovar a relação com o crime. 
Este é o segundo caso de esquartejamento registrado no país em menos de uma semana. Em São Paulo, pedaços de um mesmo corpo foram encontrados em sacos abandonados em pontos diferentes no entorno do Cemitério da Consolação, no bairro de Higienópolis. Três dias depois, a Guarda Civil Metropolitana (GCM) localizou uma cabeça na Praça da Sé e confirmou que ela pertencia ao corpo esquartejado. A vítima ainda não foi identificada porque as pontas dos dedos foram cortadas e nenhum familiar ou conhecido apareceu para identificar o corpo.


(Com Estadão Conteúdo)

Virgem do leilão, Catarina Migliorini estreia como atriz e grava filme com Jackson Antunes.

Virgem do leilão, Catarina Migliorini estreia como atriz e grava filme com Jackson Antunes

Catarina Migliorini grava filme com Jackson Antunes e Walter Breda  
Foto: Instagram

Famosa por leiloar a virgindade na internet, Catarina Migliorini, a virgem do leilão, dá os seus primeiros passos como atriz. Ela foi aprovada para fazer uma participação num filme que contará a história de Anita Garibaldi, cujas primeiras cenas já foram rodadas.
“Orgulho de estar fazendo parte desse longa educativo sobre essa grande ‘heroína dos dois mundos’”, escreveu ela, ao postar uma foto nesta segunda-feira tietando os atores do longa-mentragem, Jackson Antunes e Walter Breda.

Funcionário da Infraero é detido por assediar mulheres no aeroporto.

Funcionário da Infraero é detido por assediar mulheres no aeroporto

Suspeito ficava na escada rolante fazendo imagens sem consentimento.
Ele responderá em liberdade por importunação ostensiva ao pudor.

Do G1

Funcionárias do aeroporto se uniram para
denunciar suspeito, e registraram o assédio
(Foto: Reprodução / WhatsApp)
Funcionárias do aeroporto se uniram para denunciar suspeito, e registraram o assédio (Foto: Reprodução / Whats app) O gerente do departamento de Tecnologia da Informação (TI) do Aeroporto Internacional de Belém foi detido nesta segunda-feira (31) por fazer gravações impróprias de passageiras e funcionárias do aeroporto. Ele se posicionava na escada rolante do terminal e, com um tablet de pequeno porte, gravava imagens da calcinha das mulheres por debaixo de saias e vestidos, sem o consentimento das vítimas. Um vídeo que flagrou o assédio cometido pelo gerente foi divulgado nas redes sociais. O G1 tenta contato com o suspeito, mas ainda não localizou o gerente.
As imagens foram feitas por um grupo de funcionárias do aeroporto, e mostram o suspeito na escada rolante, logo atrás de uma mulher que usava vestido. Ele posiciona um tablet pequeno embaixo do vestido da vítima e realiza a gravação.

A detenção aconteceu após a administração do aeroporto receber denúncias do comportamento do funcionário. Com ele, foi apreendido um tablet que, segundo a polícia, continha imagens de mulheres que ele teria gravado. Segundo a Infraero, empresa pública responsável pela administração do aeroporto de Belém, será aberto um procedimento para apurar a conduta do funcionário, que é concursado.
Segundo uma funcionária do aeroporto, que pediu para não ser identificada, o comportamento do suspeito era frequente, e preocupava várias mulheres que trabalham no local. "Tem muita gente indignada com isso. Ele faz isso há muito tempo. Não sei qual é o intuito dele, se ele vende as imagens, mas ele sempre andava pelo aeroporto, procurava uma vítima, fazia a gravação e depois ia para o trabalho dele".
A Polícia Civil informou que o ato é uma contravenção penal de importunação ostensiva ao pudor, um crime de menor potencial ofensivo. Por isso, o suspeito foi detido e liberado após o registro da ocorrência.

Mãe sobrevive e filho morre após carro capotar próximo a Itapacerica, MG.

Mãe sobrevive e filho morre após carro capotar próximo a Itapacerica

Adolescente estava no carro com a mãe na hora do acidente.
Motorista, mãe da vítima, não corre risco de morte.

Do G1 

Adolescente morreu após carro cair na ribanceira
(Foto: Wellingtom Vieira/Destaknews)
Garoto de 14 anos morre a caminho do Hospital João XXIII (Foto: Wellingtom Vieira/Destaknews) Um adolescente de 14 anos morreu após acidente na MG-164, próximo a Itapacerica, na tarde deste domingo (30). A vítima chegou a ser atendida em Divinópolis, mas precisou ser transferida para o Hospital João XIII, em Belo Horizonte. Ele não resistiu aos ferimentos e morreu a caminho do hospital.
Segundo a Polícia Militar (PM), a motorista de 46 anos, mãe da vítima, perdeu o controle do veículo, capotou e caiu em uma ribanceira. Os dois foram encaminhados para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Bairro Nações, em Divinópolis. Eles estavam conscientes, segundo o Corpo de Bombeiros.
Ainda de acordo com a aspirante do Corpo de Bombeiros, Priscila Adonai, testemunhas disseram que mãe e filho seguiam para Lamounier, quando após uma curva o carro caiu na ribanceira de aproximadamente 20 metros.
Os bombeiros informaram ainda que um cachorro, que também estava no veículo, foi resgatado por familiares que foram até o local do acidente. A pista não precisou ser interditada. A mulher segue internada e não corre risco de vida.

Coreias trocam fogo de artilharia em mar na fronteira entre os dois países.

Coreias trocam fogo de artilharia em mar na fronteira entre os dois países

Norte-coreanos dispararam projéteis que caíram em águas sul-coreanas.
Sul respondeu com granadas que caíram em águas norte-coreanas.

Da EFE

Estudantes e moradores sul-coreanos foram levados para abrigo na ilha Yeonpyeong, perto da fronteira com a Coreia do Norte, após disparos dos dois países no mar da região. (Foto: Yonhap / Reuters) 
Estudantes e moradores sul-coreanos foram levados para abrigo na ilha Yeonpyeong, perto da fronteira com a Coreia do Norte, após disparos dos dois países no mar da região. 
(Foto: Yonhap / Reuters)
 
 
A Coreia do Norte lançou nesta segunda-feira (31) projéteis que caíram em águas sul-coreanas durante um exercício militar e as Forças Armadas da Coreia do Sul responderam com disparos semelhantes, em um novo episódio de tensão entre os países.
"Alguns dos projéteis caíram em nossas águas, portanto disparamos outra vez em direção às suas", disse à Agência Efe um porta-voz de Defesa de Seul.
O Ministério de Defesa da Coreia do Sul informou que os norte-coreanos dispararam mais de 500 tiros de artilharia e que ao menos 100 projéteis caíram em águas sul-coreanas, segundo a Reuters.
O Sul revidou com mais de 300 disparos, disse Kim Min-seok, porta-voz do Ministério de Defesa sul-coreano.
Após este episódio de tensão, os moradores das ilhas sul-coreanas próximas à sempre conflituosa fronteira com o Norte foram levados para refúgios, indicou o porta-voz.
O exército da Coreia do Sul enviou aviões de combate F-15 à região diante da possibilidade de novos incidentes.


Coreia do Sul e Estados Unidos realizam exercícios militares.  (Foto: Ahn Young-joon / AP Photo) 
Coreia do Sul e Estados Unidos realizam exercícios militares. 
(Foto: Ahn Young-joon / AP Photo)


Os primeiros disparos norte-coreanos aconteceram às 12h15 (0h15 de Brasília) e imediatamente a Força Naval do Sul respondeu com o lançamento de várias dezenas de granadas howitzer K-9 que caíram em águas norte-coreanas.
O lançamento de mísseis ao sul da fronteira marítima faz parte das manobras militares que o regime de Kim Jong-un iniciou próximo à fronteira marítima do Mar Amarelo entre as duas Coreias, conhecida como Linha Limite do Norte (LLN).
Foi nessa área que aconteceu um dos incidentes mais graves entre as duas Coreias, quando a do Norte realizou em novembro de 2010 um bombardeio sobre a ilha sul-coreana de Yeonpyeong que matou dois civis e dois militares.
Isto explicaria a firme reação mostrada por Seul, que de manhã já tinha advertido que a "Coreia do Norte parece estar tentando criar uma situação de crise ao elevar a tensão na fronteira marítima", afirmou um porta-voz de Defesa após o país vizinho anunciar as manobras militares.
O exercício naval norte-coreano é considerado uma nova resposta à manobra conjunta "Foal Eagle" que Coreia do Sul e Estados Unidos realizam desde o fim de fevereiro e que vão até 18 de abril em território sul-coreano.
Por acreditar que o Foal Eagle é 'um ensaio de invasão' ao seu país, a Coreia do Norte lançou ao mar nas últimas semanas mísseis de curto e médio alcance.

Pais lutam na Justiça por liberação de remédio derivado da maconha.

Pais lutam na Justiça por liberação de remédio derivado da maconha

Anvisa proíbe o uso dos derivados da maconha. Mas alguns pais estão se arriscando para tratar os filhos com remédios que trazem dos EUA.




Anny, de 5 anos, tem uma doença rara, que provoca muitas convulsões. Só um remédio funciona, mas é ilegal no Brasil, porque é derivado da maconha.
Se você fosse a mãe ou pai da menina, importaria o remédio mesmo assim?
Um casal brasileiro decidiu que faria exatamente isso. E um documentário conta a história deles.
“Anny, 5 anos, é a minha filha. É portadora de patologia muito rara, apresenta quadro clínico com distúrbio psicomotor decorrente de uma patologia cerebral. E que, dentre os sintomas, tem crises convulsivas resistentes a todas as medicações possíveis no país. Justifico a solicitação de Canabidiol baseado nos itens acima”, diz Katiele Fischer, mãe da Anny, em um documentário.
“Quando a gente ficou sabendo do CBD, que nós decidimos importar, nós tínhamos a consciência que era um produto derivado da Cannabis Sativa e por esse motivo ilegal no país. Mas o desespero de você ver a sua filha convulsionando todos os dias a todos os momentos, nós resolvemos encarar e trazer da forma que fosse necessária, mesmo que fosse traficando”, conta a mãe da Anny.

A compra é ilegal porque o Canabidiol, ou CBD, é uma das mais de 400 substâncias encontradas na Cannabis Sativa, a maconha. Só que, muito diferente da droga fumada, o composto não altera os sentidos, nem provoca dependência.   

O documentário lançado essa semana é parte de uma campanha e de uma discussão que envolve preconceito, ciência e saúde: o uso medicinal da maconha. Os pais de Anny descobriram o CBD na internet em uma busca desesperada.

“Nós já tínhamos tentado de tudo. Nós já tínhamos tentado todas as medicações, nós já tínhamos tentado uma cirurgia. E essa era a nossa luz do fim do túnel”, conta Katiele.

A Anny chegou a ter tantas convulsões em um único dia que o Fischer e a Kati perdiam as contas. Para ter como explicar a situação para os médicos nas consultas, eles decidiram marcar as crises em tabelas. São páginas e mais páginas de sustos, de tristeza, mas também de alegrias e de esperança.
Os quadradinhos pintados que marcavam cada convulsão e enchiam as tabelas foram diminuindo a partir de novembro de 2013, quando Anny começou a tomar o derivado da Canabis.

“A primeira dose que nós demos pra ela, não foi só a dose. Foi uma dose com uma carga de esperança tão grande que a gente deu para ela chorando”, conta a mãe, emocionada.
“A gente chegava perto da Anny, falava o nome dela e ela olhava a gente nos olhos. Isso não tem palavras. Vale qualquer sacrifício, qualquer esforço, você saber que ela voltou a te olhar nos olhos”, afirma o pai, Norberto Fischer, professor.

Voltou também a comer e não depender mais de sondas para se alimentar, ganhou força e condições melhores para fazer fisioterapia. São efeitos do Canabidiol.

Ele e outros derivados da maconha já são usados em vários países da Europa e em boa parte dos Estados Unidos para tratar doenças como Parkinson, esclerose múltipla e combater sintomas da Aids e do câncer.
O pesquisador José Alexandre Crippa da USP, de Ribeirão Preto, é um dos poucos que conseguiram autorização para trazer e estudar o CBD no Brasil.
“Eu sou totalmente a favor do uso medicinal do Canabidiol e sou absolutamente contra o uso da maconha da forma fumada, porque não se sabe a quantidade que tem de Canabidiol”, explica Crippa.
Mas ele defende o uso de derivados que estão beneficiando pacientes como Anny. “Essa menina passou de 80 crises até zero crise, 80 crises por semana até zero crise por semana, o que é absurdo em termos clínicos, ainda mais se considerando que é um tipo de epilepsia muito grave” diz José Alexandre.
Os pais da Anny não são os únicos a olhar para o Congresso, para as autoridades, à Justiça com expectativa. Para outros brasileiros, a legislação criada com o argumento de proteger a saúde acabou se transformando em uma barreira de preconceito que impede o avanço da ciência e da medicina.

As mães de outras crianças que sofrem de síndromes raras que provocam convulsões estão cheias de perguntas.

“Por que esses remédios que causam cegueira parcial pode e o Canabidiol não pode? Esses remédios que elas tomam, além de serem fortíssimos, os efeitos colaterais são horríveis”, diz a advogada Margarete Brito.

Além de indignação elas têm pressa e vontade de experimentar o que pode trazer alívio.

“O risco é que nossos filhos possam entrar em crises convulsivas prolongadas e isso pode gerar a morte. A gente não tem mais tempo para esperar por isso”, afirma a enfermeira Samar Duarte.
Fantástico: Você queria experimentar?
Aline Voigt Nadolni, engenheira: Muito. A gente sabe que cada semana é preciosa. A gente vê a nossa filha piorando a cada semana.

No Paraná, os pais da Alana estão se arriscando para tratar a filha com o CBD que trazem dos Estados Unidos, onde ele é vendido como suplemento alimentar.

“Ele não é uma droga e sim uma terapia medicinal. Eu perguntava para Silvana: ‘nossa, será que nós vamos ser contra a lei? Será que eu estou fazendo o certo?’. Olhando para minha filha tendo crise, chegou um dia que eu falei: ‘não, eu vou ter que encarar tudo isso’”, argumenta o empresário Leandro Name Utrabo.
Para a Associação Brasileira de Psiquiatria, ainda faltam evidências de que o Canabidiol funcione e não traga prejuízos à saúde. A Anvisa, a agência que regula medicamentos, proíbe o uso dos derivados da maconha. A brecha é pequena.
“Em casos extremos, em que já se tentou vários tratamentos e não se teve sucesso, pode ser que fazendo uma solicitação judicial se consiga uma autorização de exceção para importar e utilizar essa droga”, explica Frederico Garcia, da Associação Brasileira de Psiquiatria.

É o que os pais de Anny vão fazer. Nesta segunda-feira (31), entram com uma ação na Justiça para terem o direito de importar, legalmente, o medicamento para a filha. E vão divulgar o documentário para trazer à tona um assunto envolto em polêmica, falta de informação e muito sofrimento.

Pesquisa pode resultar em vacina para o câncer de próstata.

Pesquisa no RS pode resultar em vacina para o câncer de próstata

Nos testes, vacina diminuiu o índice de mortes de 19% para 9%.
Doença é o segundo tumor que mais mata homens no estado e no país.

Do G1 RS
 
 
Uma descoberta realizada há 14 anos levou um pesquisador da PUC-RS, de Porto Alegre, a desenvolver uma pesquisa inovadora, que pode resultar em uma vacina para controlar o avanço do câncer de próstata, como mostra a reportagem do Teledomingo, da RBS TV (veja o vídeo). A doença é o segundo tipo de tumor que mais mata homens no Rio Grande do Sul e em todo o país.
Ao misturar uma substância chamada “modulador do sistema imunológico” em algumas células doentes, o médico Fernando Kreutz conseguiu fazer com que células que antes ficavam escondidas do sistema imunológico no organismo mudassem de cor e se tornassem visíveis.
“Nosso sistema imunológico não consegue enxergar que aquela é uma célula tumoral, é como se ela ficasse invisível. Eu consegui fazer com que essa célula, que antes era invisível, se tornasse visível. Marquei a célula como se dissesse ‘olha, sistema imunológico, ataca ela porque ela é uma célula que tu precisa descobrir’”, explica Kreutz.
A partir desta descoberta, o pesquisador começou a produzir uma vacina usando células doentes retiradas do próprio paciente. As células são reproduzidas em laboratório, bombardeadas com radiação e morrem. A estrutura celular, já sem o câncer, recebe então a substância moduladora e é aplicada no paciente como vacina. “O sistema imunológico reconhece isso e prolifera, multiplica essas células que vão destruir o tumor”.
Os testes clínicos para a vacina começaram em 2002. No total, foram avaliados 107 pacientes com diagnóstico de câncer de próstata que precisavam de cirurgia. Depois, um grupo de 48 homens com idade média de 63 anos foi selecionado e o resultado foi surpreendente.
Vinte e dois homens fizeram o tratamento convencional, apenas com radioterapia e hormônios, enquanto 26 receberam também as doses da vacina. Depois de cinco anos, a avaliação mostrou que, no primeiro grupo, 48% dos homens estavam com a doença indetectável, ou seja, aparentemente curados. No grupo que tomou a vacina, esse índice saltou para 85%. Outro dado deu ainda mais esperança aos pesquisadores: a redução do número de mortes que, nestes casos, tem um índice médio de 20%.
“No grupo de controle que recebeu o tratamento convencional, tivemos 19% de mortalidade, exatamente o que era esperado estatisticamente. No grupo vacinado, tivemos uma mortalidade de 9%. Isso significa que a chance de o paciente morrer fazendo o tratamento convencional foi de uma em cada cinco pessoas, enquanto no grupo vacinado foi um em cada 11 pacientes.
Na próxima fase, 400 homens de todo o país vão participar da pesquisa. A produção da vacina ainda não tem data prevista.

domingo, 30 de março de 2014

Para especialistas, 'encoxadores' agem com a lógica dos pedófilos.

Quem são os 'encoxadores' do metrô

A lógica covarde que move esses assediadores pode ser comparada, segundo especialista, ao modus operandi dos pedófilos. Na internet, eles encontram seus pares, combinam os delitos e sentem-se legitimados a praticá-los

Eduardo Gonçalves

Passageiros lotam trem do Metrô de São Paulo
Além da superlotação, as mulheres têm que se preocupar com o ataque de depravados no metrô de São Paulo - Tiago Chiaravalloti/Futura Press


No dia 19 de março, por volta das 8h30 da manhã, a vendedora Adriana Barbosa, de 33 anos, enfrentava a dura rotina de ser arrastada pela multidão que disputa diariamente um lugar nos vagões da superlotada Estação Sé, em São Paulo. A Sé centraliza as linhas do sistema metroviário paulistano, com fluxo médio de 627.000 usuários por dia. Não bastasse a dificuldade para conseguir usar o trem, Adriana foi vítima de um estúpido assédio que virou rotina no cotidiano das mulheres paulistanas no metrô: um homem apalpou suas coxas e se insinuou sem rodeios. Desesperada, a vendedora gritou na plataforma: “Covarde, tarado!". O suspeito, o engenheiro elétrico Eduardo Nascimento, de 26 anos, acelerou o passo para fugir, mas foi detido por agentes de segurança do metrô.
"Se ele saísse ileso, eu ficaria louca”, lembra a vendedora. Nascimento foi levado para a Delegacia de Polícia do Metropolitano (Delpom), da Polícia Civil, assinou um termo circunstanciado negando as acusações e foi liberado em seguida. Este é um dos 27 casos de abusos cometidos no sistema de transporte da capital paulista, que foram registrados pela polícia neste ano. Nas últimas semanas, episódios como esse ganharam espaço no noticiário quando Adilton Aquino dos Santos, de 24 anos, foi preso por tentar algo ainda mais asqueroso: fingindo estar armado com uma faca, obrigou a vítima a baixar as calças e ejaculou em suas pernas numa composição da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM). Ao perceberem o crime, passageiros do trem espancaram Santos até a chegada da polícia. Interrogado, ele contou ser frequentador de páginas na internet que estimulam o assédio contra mulheres nos vagões: são os autointitulados "Encoxadores", que praticam e às vezes até filmam com celulares os abusos para depois divulgá-los nas redes sociais.
Um levantamento feito pela ONG Safernet, especializada no combate à violação dos direitos humanos na web, identificou 21 páginas de compartilhamento desse tipo de conteúdo. As investigações da Polícia Civil já rastrearam mais de cinquenta. “O número pode parecer pouco expressivo, mas em algumas páginas foram encontradas mais de quartenta vídeos de 'encoxadas', sendo que a maioria tinha mais de 35.000 visualizações”, disse o diretor da ONG, Thiago Tavares. 

Denúncias recebidas pela ONG de abusos a mulheres na internet

2007 264 denúncias envolvendo duas páginas
2008 3 denúncias envolvendo duas páginas
2009 e 2010 nenhuma denúncia registrada
2011 2 denúncias envolvendo duas páginas
2012 34 denúncias envolvendo uma página
2013 1.725 denúncias envolvendo onze páginas
2014* 325 denúncias envolvendo três páginas
FONTE:SaferNet Brasil - até 28/02*


Pedofilia e psicopatia

Acostumado a receber denúncias de pedofilia na internet – que são encaminhadas à polícia –,  o diretor da ONG compara o modus operandi dos abusadores ao dos pedófilos. “Eles se comunicam com codinomes, escondem o rosto, trocam experiências em fóruns, como, por exemplo, o lugar e a hora mais propícia para cometer abusos, ou como filmar as partes íntimas de uma mulher sem ser pego, e até qual o equipamento mais apropriado”, diz Tavares.

Segundo ele, uma lógica torpe move os "encoxadores", que encaram os abusos como "esporte": vence quem fizer o vídeo mais ousado. “Na internet, eles encontram seus pares e sentem-se legitimados a praticar o delito”. Na última semana, um auxiliar de informática, de 24 anos, foi preso por agentes de segurança na Estação Sé filmando partes íntimas das passageiras por baixo de vestidos e saias. Em depoimento à polícia, ele disse que tinha “uma tara” em assistir os vídeos e exibi-los na internet. No seu celular, a polícia encontrou diversas gravações deploráveis.

Provedores

Das 21 páginas notificadas, dez pertencem ao Google (seis no Blogspot e quatro no Orkut), e outras quatro pertecem ao Facebook. O restante opera com provedores de outros serviços.
Apenas sete páginas foram tiradas do ar até agora (seis pelo Google e uma pelo Facebook)
FONTE:SaferNet Brasil
 
Segundo psicólogos ouvidos pelo site de VEJA, os "encoxadores" possuem um distúrbio comportamental que beira a perversidade sexual, conhecida como frotteurismo – quando a pessoa sente prazer em esfregar os genitais em outra que esteja vestida.  “Ao fazê-lo, o indivíduo geralmente fantasia um relacionamento exclusivo e carinhos com a vítima. Entretanto, ele reconhece que, para evitar um possível processo legal, deve escapar à detecção após tocar sua vítima. A maior parte dos atos deste transtorno ocorre quando a pessoa está entre os 15 e os 25 anos de idade”, diz o Manual Diagnóstico e Estatístico de Transtornos Mentais. Segundo os dados registrados pela polícia, a idade dos detidos varia de 25 a 45 anos.
A professora de psicologia forense Maria de Fátima Franco dos Santos, da PUC Campinas, especializada em agressões contra mulheres, vai além: "O prazer deles reside em constranger e causar sofrimento às vítimas. São frios e calculistas, pois planejam os crimes com antecedência [na internet]. São sádicos, manipuladores, narcisistas e não sentem culpa”. 
O ato, no entanto, é crime. Dos 27 detidos neste ano, dois estão presos – Aquino dos Santos, indiciado por estupro, e o pedreiro Silva Firmino da Silva, de 50 anos, acusado de violação sexual mediante fraude (que se difere do estupro por não haver consumação do ato sexual). Silva tocou a genitália de uma adolescente de 17 anos enquanto ela dormia num vagão da CPTM. Usando um vestido, ela acordou e chamou a segurança do metrô, que deteve Silva. Os outros abusadores foram fichados por "importunação ofensiva ao pudor", cuja punição prevista é o pagamento de uma multa definida por um juiz, de acordo com a renda do acusado.
O delegado da Divisão Especial de Atendimento ao Turista (Deatur), Osvaldo Nico Gonçalves, disse que se sente incapaz de punir os abusadores com mais rigor, porque “a lei é fraca, e, por isso, eles voltam para rua”.


Trauma

Para as mulheres, os abusos podem ter efeitos traumáticos. Desde que foi abusada por um homem no metrô de São Paulo, há duas semanas, a estudante Amanda Sampaio de Barros, de 19 anos, afirma que embarca no coletivo pelo menos vinte minutos depois do horário que costumava porque tem medo de cruzar com seu agressor. “A sensação de passar por isso é uma das piores possíveis e das mais nojentas. Me senti suja, com o orgulho ferido, vontade de chorar e de matar o cara (sic). Ele não tinha esse direito!”, diz. Outra vítima dos abusadores, a estudante Camila Gregori, de 19 anos, faz de tudo para ficar próxima a mulheres quando o trem está muito lotado. “Eu comecei a ficar mais alerta, a fugir de homem no metrô. Se não der para ficar perto de alguma mulher, tento ficar encostada na parede, por mais desconfortável que seja”, afirma.
Desde que os casos vieram à tona, as autoridades passaram a tomar algumas medidas, como infiltrar agentes de segurança e policiais civis à paisana nas composições e redobrar a atenção no vídeomonitoramento das operações. 
O chefe de segurança do Metrô de São Paulo, Rubens Menezes, afirmou que adotou procedimento especial para identificar os abusadores e tentar detê-los em flagrante. “Os seguranças descaracterizados tem um padrão de ação. Treinados em artes marciais, como os outros seguranças, eles são preparados para imobilizar o suspeito sem uso de munição letal. Muitas vezes, um agente do vídeomonitoramento informa a um infiltrado pelo rádio sobre algum suspeito. Este, então, passa a observá-lo e, se identificar desvio de conduta, executa a detenção”, diz Menezes.
A Secretaria Nacional de Política para as Mulheres do governo federal informou que lançará uma campanha para alertar sobre esse tipo de crime. Nesta semana, a presidente Dilma Rousseff usou sua conta no Twitter para se manifestar: “Venho pedir às vítimas que não se intimidem em denunciar. E às polícias que não se omitam em combater a prática”.
Desde que a Polícia Civil e o Metrô ampliaram a fiscalização e os flagrantes, sete páginas foram tiradas do ar pelo Google e pelo Facebook. Vinte e sete pessoas foram detidas. Tanto a polícia quanto o Metrô afirmam que número de denúncias aumentou consideravelmente nas últimas semanas. Chega a ser um alento num país onde 65% das pessoas afirmam concordar que mulheres merecem ser atacadas por usar roupas curtas, segundo pesquisa do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea).

Simpsons 'voltam' ao Brasil para a Copa em novo episódio da série.

Simpsons 'voltam' ao Brasil para a Copa em novo episódio da série

Família amarela janta na cidade de São Paulo e Homer será juiz de futebol.
'Ah, Brasil. Eu não poderia ter medo de você para sempre', diz Homer.

Do G1

Os Simpsons retornam ao Brasil em novo episódio do desenho animado que vai ao ar na noite deste domingo (30) nos Estados Unidos. A Copa do Mundo de futebol é o motivo da visita. Esta é a segunda vez que a família amarela faz turismo no país. Assista ao vídeo.

Um vídeo publicado pela emissora Fox mostra, em inglês, uma cena do episódio chamado "Você não precisa viver como um árbitro", em tradução. ("You don't have to live like a referee"). Nele, Homer é convidado para apitar uma partida de futebol e será assediado por mafiosos latinos que querem manipular o resultado do jogo.
Homer, Marge, Bart, Lisa e Maggie chegam na cidade de São Paulo e jantam em um restaurante com uma grande figueira no meio, remetendo ao Figueira Rubaiyat, localizado na região dos Jardins.
A matriarca da família usa um tablet com tradutor para tentar fazer o pedido em português enquanto Homer come churrasco. Ao olhar para a cidade, com direito a pontos turísticos como a Ponte Estaiada e a Catedral da Sé, Homer diz: "Ah, Brasil. Eu não poderia ficar com medo de você para sempre. A única coisa que me impede de morar aqui é aquele peixe que entra para nadar no seu canal de fazer xixi".
Em episódio de 2002, os Simpsons vieram pela primeira vez ao país e ficam no Rio de Janeiro. Eles chegam atrás de um órfão chamado Ronaldo que era ajudado por Lisa. O desenho animado mostrou que as ruas brasileiras têm cobras e macacos andando e nossa moeda, o Real, foi motivo de piada por Homer: "O dinheiro deles é rosa", disse na época.

Homer olha para a cidade de São Paulo em novo episódio de 'Os Simpsons' que vai ao ar nesta noite nos Estados Unidos (Foto: Divulgação/Fox) 
Homer olha para a cidade de São Paulo em novo episódio de 'Os Simpsons' que vai ao ar nesta noite nos Estados Unidos (Foto: Divulgação/Fox)
 
Família Simpson janta em restaurante paulista (Foto: Divulgação/Fox) 
Família Simpson janta em restaurante paulista (Foto: Divulgação/Fox)

Aeroporto de Confins tem atraso até por cachorro na pista.

Aeroporto de Confins tem atraso até por cachorro na pista

Três animais invadiram a área de pousos e decolagens, levando à suspensão das operações por cerca de dez minutos, de acordo com a Infraero

Daniel Haidar, de Belo Horizonte
Aeroporto Internacional Tancredo Neves (Confins)
Aeroporto Internacional Tancredo Neves (Confins) (Nereu JR/Fotoarena)
 

Não bastassem os atrasos por condições meteorológicas adversas ou má gestão da malha aérea, passageiros de companhias aéreas tiveram de enfrentar um obstáculo digno de Sessão da Tarde, neste domingo. Três cachorros soltos na pista do Aeroporto Internacional de Confins, em Minas Gerais, interromperam pousos e decolagens. O problema durou cerca de dez minutos, de acordo com a Infraero. Por volta das 9h20, bombeiros do aeroporto conseguiram capturar os animais.
Enquanto aguardava autorização para decolar, um piloto ironizou a situação. "É difícil descrever, mas no momento está três a zero para os cachorros", brincou o comandante do voo 1663 da Gol, que seguia de Confins para o aeroporto Santos Dumont, no Rio de Janeiro. Não é a primeira vez que a pista mineira é invadida por cachorros. Em 2 de março de 2011, um vira-lata paralisou as operações por 28 minutos.
De acordo com o boletim da Infraero, até às 14 horas deste domingo, só dois voos haviam registrado atraso e sete tinham sido cancelados. A companhia só considera que houve atraso quando a demora para o pouso ou a decolagem supera 30 minutos do horário previsto.

A cola é uma manifestação clara da desagregação moral.

A cola é uma manifestação clara da desagregação moral

Em países onde há mais cola nas salas de aula também há mais desonestidade

Gustavo Ioschpe
A cola na escola: problema também na vida adulta
 
A cola na escola: problema também na vida adulta (Thinkstock)

 
O efeito mais nefasto da falta de ética de nossas escolas é que seus profissionais transferem para os alunos e suas famílias a razão do insucesso da própria escola. Pesquisa da Unesco com 17 000 estudantes e 1 300 professores mostra que os “mestres” culpam o aluno (39%) e seus pais (24%) quando ele repete o ano. Só 1,9% dos professores culpa a si mesmos (re­ferências completas em twitter.com/gioschpe). E, o que é pior, os alunos introjetam esse fracasso. Em pesquisa com cinco escolas públicas, 90% dos matriculados na 4ª série (gente de 10 anos!) diziam que se algum dia repetissem o ano a responsabilidade seria sua(!). Eis o cúmulo da atrocidade: não só nossos profissionais da educação vitimizam seus alunos, mas ainda conseguem transformar as vítimas em algozes. Nossas escolas, que deveriam incutir o apreço pela conduta reta, viraram instâncias preparatórias para o mar de sem-vergonhice que assola nosso país.    

Acidente grave na MG 164 próximo de Neolândia deixam duas pessoas feridas na tarde deste Domingo(30).

Acidente grave na MG 164 próximo de Neolândia deixam duas pessoas feridas na tarde deste Domingo(30).

domingo, 30 de março de 20140 comentários


 Wellington Vieira do DestakNews em Itapecerica-MG
 
 
(Fotos de Wellington Vieira do DestakNews)
 
Um veículo Siena de cor preta com placas de Itapecerica-MG, que trafegava na MG 164 no sentido Itapecerica / Pedra a do Indaiá, por motivos ainda desconhecidos a condutora Vania Moura de 46 anos, perdeu o controle da direção, batendo uma das rodas do veículo em uma boca de lobo onde o veículo veio a capotar caindo em uma ribanceira de aproximadamente 10 metros de profundidade, o local é conhecido como curva da Vendinha, onde acontece alguns acidentes.
 
 
(Fotos de Wellington Vieira do DestakNews)
 
Além da condutora estava também no veículo o filho de 14 anos que foi lançado para fora do veículo e sofreu ferimentos na cabeça, a criança foi a primeira a ser socorrida por uma ambulância do PS de Itapecerica onde recebeu os primeiros atendimentos e posteriormente foi transferido para um Hospital em Belo Horizonte.
 
(Fotos de Wellington Vieira do DestakNews)
 
Já a condutora Vania de Moura que estava consciente mais com um ferimento na cabeça, foi socorrida pela (UR), unidade de resgate do corpo de Bombeiros de Divinópolis e encaminhada para a mesma cidade.
 
(Fotos de Wellington Vieira do DestakNews)
 
De acordo com testemunhas, a vítima estaria indo para a cidade de Santo Antônio do Monte-MG, no momento do acidente não passava nem um veículo pelo local, mais um motorista que trafegava na rodovia, percebeu algo de estranho na pista, como marcas bem recentes, e o mesmo resolveu parar o veículo para verificar se tinha algo de errado naquele local, quando o mesmo chegou às margens do barranco foi que percebeu que tinha um veículo parcialmente destruído com duas pessoas, a condutora que estava dentro do veículo e a criança que se encontrava fora do veículo com ferimentos, logo de imediato a pessoa que tinha parado para verificar o que tinha acontecido, entrou em contato com a Policia Militar de Itapecerica solicitando socorro para as vítimas.

Foram para o local uma ambulância, uma Uti Móvel e mais três viaturas de resgate.
A primeira viatura a chegar no local foi da Policia Militar com o Sgt.Oliveira e o Cb.Wirley.
 
(Fotos de Wellington Vieira do DestakNews)
(Fotos de Wellington Vieira do DestakNews)

Logo após chegou a uma viatura da Polícia Rodoviária (PRV) para conduzir a ocorrência e aguarda a chegada do Guincho para retirar o veículo do local.
Ainda não temos informações sobre o estado de saúde das vítimas.
 
(Fotos de Wellington Vieira do DestakNews)
 
De acordo com levantamento feito pela Policia,a condutora é inabilitada.

Informações que acaba de chegar que o jovem de 14 anos não resistiu aos ferimentos e veio a falecer a caminho do Hospital em Belo Horizonte.
Mais informações, a qualquer momento.  
(Fotos de Wellington Vieira do DestakNews)

(Fotos de Wellington Vieira do DestakNews)

Alimento orgânico não protege mulheres contra o câncer.

Alimento orgânico não protege mulheres contra o câncer

Conclusão faz parte de nova pesquisa que não encontrou diferença significativa na prevalência da doença entre quem escolhe esse tipo de produto ou não

Alimentação: Para especialista, pessoas devem se preocupar em consumir quantidades adequadas de frutas e vegetais para evitar o câncer, independentemente se orgânicos ou não
Alimentação: Para especialista, pessoas devem se preocupar em consumir quantidades adequadas de frutas e vegetais para evitar o câncer, independentemente se orgânicos ou não  
(Thinkstock)

 
Dar preferência a alimentos orgânicos não diminui o risco de câncer em mulheres, concluiu um novo estudo da Universidade Oxford, na Grã-Bretanha, contrariando algumas evidências que defendem o consumo desses produtos.
Alimentos orgânicos geralmente são cultivados sem pesticidas e fertilizantes e/ou sem antibióticos e hormônios de crescimento. Um estudo americano publicado em 2012 que revisou mais de 200 pesquisas sobre o assunto já havia indicado que esses produtos não são mais nutritivos do que os produzidos de maneira convencional, embora sejam menos expostos a agrotóxicos.
Os pesticidas são amplamente utilizados na agricultura e existe uma grande preocupação se eles aumentam o risco de câncer, mas ainda não há evidencias suficientes para dizer se isso realmente acontece.


Comparação 


O novo trabalho, publicado nesta sexta-feira na revista médica British Journal of Cancer, se baseou nos dados de cerca de 600.000 mulheres com mais de 50 anos que haviam participado de um levantamento nacional na Grã-Bretanha. Os pesquisadores levaram em consideração a prevalência dos dezesseis tipos mais comuns de câncer entre mulheres ao longo de nove anos.
O estudo não encontrou diferenças significativas no risco desses tipos de câncer entre mulheres que consumiam alimentos orgânicos e aquelas que ingeriam produtos convencionais.
"Esse estudo acrescenta evidências de que comer alimentos orgânicos não reduz o risco geral de câncer. Mas, se uma pessoa se preocupa muito com o pesticida em frutas e vegetais, pode ser uma boa ideia lavar bem esses alimentos antes de comê-los", diz Claire Knight, especialista da instituição Cancer Research UK, em comunicado divulgado pela Universidade Oxford.
"Cientistas estimam que quase 5% dos casos de câncer na Grã-Bretanha se devem ao fato de as pessoas não comerem quantidades suficientes de frutas e vegetais. Então, uma dieta balanceada rica nesses alimentos, independentemente se convencionais ou orgânicos, pode ser eficaz em diminuir esse risco", diz Claire.

Kate e William divulgam a 3ª foto oficial do príncipe George.

Kate e William divulgam a 3ª foto oficial do príncipe George

Família está na janela, com o cachorro Lupo. Imagem celebra o Dia das Mães

Foto divulgada em 29 de março de 2014 pelo palácio de Kensington

Kate, William e o príncipe George, em foto que celebra Dia das Mães britânico 
 (Jason Bell/AFP)


A família real britânica divulgou a terceira foto oficial do príncipe George, filho de William e Kate Middleton. O menino, de oito meses, aparece na janela no colo da mãe, com o pai e um dos cachorros da família, Lupo, no Palácio Kensington, onde moram. A imagem, publicada por toda a imprensa do país neste domingo, é uma homenagem ao Dia das Mães da Grã-Bretanha.
A foto oficial foi feita há algumas semanas e deve ser publicada em massa para a visita da família à Nova Zelândia e Austrália, a partir de 7 de abril, quando George irá acompanhar os pais. "George, como você cresceu!", escreveu o jornal Mail on Sunday, sobre o terceiro na linha de sucessão ao trono britânico - príncipe Chales, filho da rainha Elizabeth II, é o primeiro, e William, o segundo.
Com os cabelos loiros, George usa na foto um pullover azul com seu nome inscrito. Os pais, sorridentes, olham a câmera enquanto George troca um olhar, "cheio de cumplicidade" segundo a imprensa britânica, com Lupo. "É um retrato suave, natural e íntimo que nos mostra, pela primeira vez, alguns traços da personalidade do jovem príncipe George", especulou o Mail on Sunday.

Príncipe George com três meses de idade, na Capela Real no Palácio de St. James, em Londres

Príncipe George com três meses de idade, na Capela Real no Palácio de St. James, em Londres
John Stillwell/Pool/Reuters

(Com agência France-Presse)

Parlamentar britânico pede demissão após denúncia de garoto de programa brasileiro.

Parlamentar britânico pede demissão após denúncia de garoto de programa brasileiro

Mark Menzies foi acusado de ter pagado por sexo e sondado brasileiro para comprar droga, diz jornal.

Da BBC
 
 
Sunday Mirror (Foto: Reprodução)
Sunday Mirror (Foto: Reprodução) Um parlamentar britânico ligado ao Partido Conservador pediu demissão do cargo de assistente ministerial em meio a denúncias feitas por um garoto de programa brasileiro a um jornal do país.
Mark Menzies, que trabalhava como Secretário Privado Parlamentar do ministro de Desenvolvimento Internacional do Reino Unido, Alan Duncan, emitiu um comunicado na noite de sábado (29) em que anunciou que deixaria o cargo. Ele, no entanto, permanecerá atuando como parlamentar eleito por Fylde, no condado de Lancashire, no noroeste da Inglaterra.
Segundo a edição deste domingo do tablóide britânico Sunday Mirror, Menzies teria pagado para manter relações sexuais com o brasileiro Rogério Santos, de 19 anos, há mais de um ano. O parlamentar também teria feito um tour com o jovem no Parlamento britânico, acrescenta o jornal.
As revelações foram feitas pelo próprio brasileiro ao Sunday Mirror após um email enviado à redação do jornal. Santos disse ainda que Menzies lhe pediu para comprar metadona, cujo comércio é proibido no Reino Unido desde 2010, para uso pessoal.
De acordo com o Sunday Mirror, Santos mostrou à reportagem mensagens de texto em que Menzies lhe perguntava sobre a qualidade e a disponibilidade da droga, apelidada por usuários como 'cocaína classe B'.
O garoto de programa, que hoje vive em São Paulo, disse também que o episódio aconteceu na época em que morava ilegalmente no Reino Unido.
Menzie nega as acusações. No comunicado divulgado na noite de sábado, horas antes da publicação da reportagem, ele diz ter decidido 'renunciar ao cargo após uma série de acusações feitas contra mim em um jornal (a ser publicada) no domingo'.
'Algumas dessas acusações não são verdadeiras e estou pronto para prová-las'.
Menzies, de 42 anos, integra o Partido Conservador há quase três décadas.
Ele estudou economia e história social na Universidade de Glasgow, na Escócia, antes de se tornar um trainee na varejista Mark and Spencer.


'Muito triste'

Brenda Ackers, conselheira da sede do Partido Conservador em Fylde, saiu em defesa do colega.
'Mark tem o total apoio de nosso partido', afirmou ela.
Ackers acrescentou que Menzies conversou com ele sobre a denúncia na tarde de sábado.
'Ele me disse que estava muito triste por ter causado tantos problemas, o que é muito cortês da parte dele e também uma amostra de como ele se comporta - sempre muito educamente'.
'Mark falou que queria tirar essa situação a limpo e estava muito triste com tudo isso'.
Questionado pela BBC sobre a reportagem do Sunday Mirror, o secretário de Defesa, Philip Hammond, afirmou que não leu o jornal.

Carro pega fogo e motorista morre carbonizado em Itapecerica, MG.

Carro pega fogo e motorista morre carbonizado em Itapecerica

Polícia investiga o caso; não foi possível identificar vítima e nem o carro.
O fogo destruiu tudo, inclusive as placas de identificação do veículo.

Do G1 

Carro pegou fogo e matou motorista queimado em Divinópolis (Foto: Poliano Oliveira/Arquivo Pessoal) 
Carro pegou fogo e matou motorista queimado em Itapecerica 
(Foto: Poliano Oliveira/Arquivo Pessoal)


Uma pessoa morreu carbonizada na tarde deste sábado (29) após incêndio de um carro na BR-494 em Divinópolis. A Polícia  Militar Rodoviária (PMR) foi até o local e tenta, com ajuda da perícia, descobrir o que causou o acidente. Com o incêndio o corpo ficou todo carbonizado, o que dificulta a identificação.
Segundo informações da PMR, o veículo era uma caminhonete que seguia na BR-494, sentido  Divinópolis. O fogo destruiu tudo, inclusive as placas de identificação do veículo. No carro havia apenas uma pessoa. A perícia não encontrou documentos, mas acredita que seja um homem. De acordo com a perícia, o corpo será levado para necropsia em Formiga para tentar saber como o motorista morreu.
O carro será levado para ser avaliado. A polícia informou ainda que ouviu testemunhas que disseram que o veículo teria sido abordado por uma outra caminhonete momentos antes do acidente.

Mãe e filho ficam feridos após carro cair em ribanceira na MG-164 em Itapecerica, MG .

Mãe e filho ficam feridos após carro cair em ribanceira na MG-164

Mulher perdeu o controle do veículo na curva e capotou em Itapecerica.
Vítimas foram socorridas conscientes e levadas para hospitais da região.

Vanessa Pires Do G1 

Duas pessoas ficaram feridas depois que o carro em que estavam caiu em uma ribanceira na MG-164, próximo a Itapecerica, no início da tarde desde domingo (30). Segundo a Polícia Militar (PM) do município, a motorista perdeu o controle do veículo, capotou e caiu. Nenhum outro veículo foi atingido e as vítimas foram levadas para hospitais da região.
De acordo com a aspirante Priscila Adonai, do Corpo de Bombeiros, testemunhas disseram que mãe e filho seguiam para Lamounier, quando após uma curva o carro caiu na ribanceira, de aproximadamente 20 metros. “Quando a equipe chegou ao local, enfermeiros de Itapecerica estavam socorrendo o rapaz, que foi levado para o pronto-socorro da cidade. Já a mulher foi encaminhada para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Bairro Nações, em Divinópolis. Ambos estavam conscientes”, afirmou.
Ainda segundo os bombeiros, um cachorro que também estava no veículo foi resgatado por familiares, que foram até o local do acidente. A pista não precisou ser interditada.

sábado, 29 de março de 2014

Cidade do ES onde Anchieta morreu se prepara para celebrar novo santo.

Cidade do ES onde Anchieta morreu se prepara para celebrar novo santo

Município de Anchieta recebeu melhorias para homenagear fundador.
Beato José de Anchieta será canonizado neste dia 2 de abril.

Amanda Monteiro Do G1 

'Aqui ele morreu e nasceu para a glória', diz Renata
(Foto: Amanda Monteiro/ G1 ES)
'Aqui ele morreu e nasceu para a glória', diz a gerente estratégica de Cultura e Patrimônio Histórico de Anchieta, Renata Genevieve (Foto: Amanda Monteiro/ G1 ES) A cidade de Anchieta, no Sul do Espírito Santo, se prepara para homenagear seu fundador, o beato José de Anchieta, que finalmente vai se tornar santo, reconhecido pelo Vaticano, neste dia 2 de abril, dando fim a um processo iniciado há mais de 400 anos, um dos mais longos da história.
O portal do Santuário do Beato Anchieta recebeu pintura nova, os buracos da rua foram tapados, a limpeza foi intensificada. "Queremos deixar a cidade ainda melhor para receber os devotos. A cidade está ansiosa e alegre. Já percebemos mudanças, acredito que o turismo vai aumentar, mais pessoas virão para conhecer o lugar onde Anchieta viveu seus últimos anos e onde morreu. Foi aqui que ele nasceu para a glória", conta a gerente estratégica de Cultura e Patrimônio Histórico, Renata Genevieve.
Uma programação especial está sendo preparada para o dia 2, com missa solene às 10h30 na Igreja Nossa Senhora da Assunção. Antes da missa, às 9h30, haverá apresentação do concerto intitulado "Concerto Clássico Poemas de Anchieta", do coral municipal Viva Voz e orquestra de Câmara de Vitória.
O maestro e cantor lírico Inárley Carletti musicou um poema escrito pelo padre José de Anchieta em tupi. "Anchieta fez esse poema para ensinar os índios a rezar, na língua deles. Fala das maravilhas da criação", conta o maestro. Com a proximidade do evento, os ensaios são diários. Outra música especial é o 'Hino a Anchieta', que conta um pouco da vida do beato. "Se inspirar em uma pessoa que fez o bem, que hoje é considerado um santo, nos dá uma emoção muito grande", afirma Inárley.
Anchieta fundou a Aldeia de Reritiba em 1565, onde posteriormente foi elevada a vila até se tornar a cidade que hoje leva seu nome. Lá, deu início à construção da Igreja Nossa Senhora da Assunção, em 1569, que até hoje mantém o quarto onde Anchieta morreu, em 1597, e guarda uma relíquia dele: parte da tíbia. As visitas e a devoção ao futuro santo já aumentaram e muitos fiéis atribuem milagres a ele.
O beato não tem nenhum milagre oficialmente reconhecido, apesar de reunir mais de cinco mil registros de graças no processo de canonização. Para assinar o decreto que transformará o beato em santo, o Papa Francisco vai abrir mão da comprovação dos milagres e considerar o conjunto da obra.
Para o padre José Acrízio, pároco da Igreja Nossa Senhora da Assunção, a canonização de Anchieta vai atrair ainda mais devotos. "A igreja com este ato legitima a devoção entre os fiéis. Atualmente, no Brasil, existem cerca de 35 paróquias que levam o nome de Anchieta. Com a canonização, as pessoas poderão recorrer mais ainda a Anchieta, pedindo graças e pedindo que ele seja seu intercessor diante de Deus", diz o padre.

A cidade Anchieta, no Espírito Santo, prepara programação especial para a canonização de José de Anchieta (Foto: Amanda Monteiro/ G1 ES) 
A cidade de Anchieta, no Espírito Santo, prepara programação especial para a canonização de José de Anchieta (Foto: Amanda Monteiro/ G1 ES)

Padre é condenado a pagar R$ 8 mil por 'atravessar a rua'.

Padre é condenado a pagar R$ 8 mil por 'atravessar a rua' no Acre

Alegando não ter condições de pagar, padre diz: 'Vou para a cadeia'.
Motorista alega que colidiu ao tentar desviar de clérigo.

Yuri Marcel Do G1 

Padre Paolino Baldassari completa 87 anos (Foto: Sérgio Vale/ Secom) 
Padre Paolino Baldassari diz que não tem dinheiro para pagar a multa  
(Foto: Sérgio Vale/ Secom)
 
 
Pároco há 44 anos de Sena Madureira, cidade do interior do Acre distante 145 km de Rio Branco, com aproximadamente 40 mil habitantes, o padre Paolino Baldassari, de 88 anos, passou a viver uma situação inusitada ao ser condenado pela Justiça a indenizar em R$ 8 mil um motorista que teria batido o carro ao tentar desviar do clérigo, quando ele atravessava uma rua da cidade. A decisão foi publicada no Diário da Justiça no último dia 27 de março.

No processo, o motorista conta que trafegava em uma das principais ruas de Sena Madureira quando, para desviar do padre que estaria atravessando a via, teve que realizar uma manobra e  acabou colidindo com outros veículos que estavam estacionados nas proximidades.
O padre diz que, embora tenha testemunhado o acidente, esperou o veículo passar antes de atravessar a avenida. "O carro vinha em minha direção, mas deixei ele passar e passei do outro lado", conta.

Ao ser informado da condenação o pároco diz ter ficado triste. "Fiquei muito triste, porque tenho 88 anos e nunca tinha passado por esse tipo de injustiça", diz.

Baldassari diz que vai tentar recorrer e que não possui condições de pagar o valor pedido. "Não sei o que fazer porque dinheiro eu não tenho. Vou para a cadeia", comenta.

De acordo com o Departamento Estadual de Trânsito (Detran), é responsabilidade dos condutores dos veículos maiores zelarem pelo bem estar dos veículos menores e pedestres. O órgão acredita que o juiz não deva ter levado em consideração o Código de Trânsito Brasileiro (CTB) na hora de proferir a decisão.

Casa de recuperação feminina será inaugurada em Divinópolis, MG.

Casa de recuperação feminina será inaugurada em Divinópolis

Espaço começará a funcionar nesta segunda-feira (31).
Local atenderá meninas de 12 a 17 anos.

Anna Lúcia Silva Do G1 

Casa de recuperação feminina em Divinópolis
(Foto: Matheus Dias/Arquivo pessoal)
Missão Maria de Nazaré campanha reforma Comunidade Terapêutica Feminina casa de recuperação;meninas (Foto: Matheus Dias/Arquivo pessoal) Começa a funcionar nesta segunda-feira (31) a primeira casa de recuperação feminina do interior de Minas Gerais, em Divinópolis.  A casa funcionará de forma permanente na antiga Escola Municipal Joaquim Rodrigues, na comunidade do Cacoco de Baixo, e atenderá adolescentes de 12 a 17 anos. Segundo o coordenador da casa, Matheus Dias, o tratamento pode durar de seis meses a um ano.
Inicialmente o local terá 24 vagas e, segundo o coordenador da entidade, 12 meninas já passaram pela fase de inscrição. A partir do início da semana que vem, elas devem ser acolhidas para uma entrevista inicial. "Primeiramente solicitamos aos parentes exames, documentos e um enxoval para a internação. Depois disso, marcamos a primeira entrevista. É fundamental que as meninas queiram ser tratadas, portanto elas precisam vir de livre e espontânea vontade", esclareceu o coordenador.
O presidente da entidade, Eduardo Rivelly, ressaltou os desafios de fundar uma casa para meninas, mas acrescentou que há uma equipe especializada e preparada para recebê-las. “Será um desafio não só por se tratar de menores, mas também de meninas que têm um temperamento e personalidade específico e o cuidado tem que ser maior”, comentou.


Atividades diárias

Durante o tempo de internação, que pode durar de seis meses a um ano, as meninas realizam atividades diárias, como limpeza do local, oficinas de costura, teatro, aulas de computação e, de acordo com o coordenador, a equipe técnica faz o acompanhamento e avalia todas as ações das adolescentes para diagnosticar o tipo de tratamento. "As meninas são avaliadas pela equipe, que é composta de um psicólogo, um assistente social e um terapeuta ocupacional. Feito isso, serão realizadas semanalmente reuniões. Cada caso será discutido isoladamente", explicou o coordenador Matheus Dias.

Comunidade terapêutica será inaugurada nesta
segunda-feira (31) (Foto: Anna Lúcia Silva/ G1)
Comunidade terapêutica será inaugurada em março em Divinópolis (Foto: Anna Lúcia Silva/ G1) Para o promotor da Vara da Infância e Juventude de Divinópolis, Carlos José e Silva Fortes, a inauguração da casa será um marco para a cidade. "Sempre digo isto: as  crianças e adolescentes devem ser prioridade absoluta, e esta casa vai de encontro com estas questões prioritárias. Mais importante ainda é o fato de existirem pouquíssimas casas de recuperação no Brasil. Que bom que estamos dando este passo", afirmou o promotor.
De acordo com o presidente do Conselho Municipal Antidrogas, Luiz Gonzaga Militão, a escola onde funcionará a casa de recuperação foi desativada em dezembro e o espaço atenderá as necessidades da instituição terapêutica. "Começamos a sonhar que Divinópolis pudesse fazer parte da rede de acolhimento antidrogas e agora o sonho se tornou realidade. Sem dúvidas, o espaço é muito bom para esse novo desafio", afirmou.

Internação será dividida em três fases
(Foto: Missão Maria de Nazaré/Divulgação)
Casa funcionará na antiga Escola Municipal Joaquim Rodrigues em Divinópolis (Foto: Missão Maria de Nazaré/Divulgação)Internação

Segundo coordenador,  Matheus Dias, a internação é dividida em três fases, que foram denominadas pelas cores verde, vermelho e amarelo. "É  como se fosse um sinal de trânsito e todas essas fases têm tempo para acabar, e isso é apontado na avaliação de cada uma das meninas", disse.
A fase vermelha diz respeito à aceitação do processo. "A menina internada precisa entender que precisa de ajuda", afirmou. A fase amarela é de autoconhecimento, onde será preciso saber como foi a iniciação no uso de drogas. E por fim a fase vermelha, onde a adolescente internada é preparada para sair da casa. "Trata-se se uma fase de ressocialização, onde a  família também é preparada para receber novamente a pessoa", finalizou Matheus.
Os interessados em ajudar a casa com doações ou como colaboradores voluntários em oficinas, podem entrar em contato pelo telefone (37) 3212-8557.