terça-feira, 31 de dezembro de 2013

TV de 110 polegadas chega à Coreia do Sul por 350.000 reais.

Nova TV de 110 polegadas da Samsung chega à Coreia do Sul por 350.000 reais

Modelo é o mais caro já lançado pela fabricante e tem resolução quatro vezes superior à das TVs Full HD à venda no mercado

Divulgação
Nova TV de 110 polegadas ocupa espaço equivalente a 2,6 metros de largura 
por 1,8 metro de altura (Divulgação)

 
A Samsung iniciou nesta segunda-feira a venda de sua primeira TV com tela de 110 polegadas na Coreia do Sul. O produto tem painel feito com a tecnologia OLED (diodo emissor de luz orgânico, na sigla em inglês), mais avançado que os modelos de LCD e LED. A resolução da tela é Ultra HD ou 4K (5.120 x 2.160 linhas), equivalente a quatro vezes a oferecida pelas atuais TVs com resolução Full HD.

O preço do novo modelo, porém, surpreendeu o mercado. A nova TV chega às lojas com preço de cerca de 160 milhões de won (cerca de 350.000 reais) na Coreia do Sul. O produto ainda não tem data para chegar às lojas de outros países, mas será um dos destaques da Samsung durante a Consumer Electronics Show (CES), feira de tecnologia realizada entre 7 e 10 de janeiro de 2014, em Las Vegas (EUA).
O valor da nova TV supera os preços de todos os modelos já lançados até hoje pelas grandes fabricantes. No Brasil, é possível encontrar modelos de TV com tela de até 84 polegadas e preço que varia entre 40.000 reais e 100.000 reais. Outras TVs com preço alto incluem o modelo de tela curva da LG, com tela de 55 polegadas e resolução Full HD, vendida no país com preço de 36.000 reais.
Além de exibir a nova TV de 110 polegadas, a Samsung deve anunciar durante a CES um novo modelo de TV com tela curva de 105 polegadas. Este aparelho, no entanto, terá painel feito de LCD, mas também suportará a exibição de imagens com resolução Ultra HD. A TV de 105 polegadas, no entanto, ainda não tem data para chegar às lojas.


Mercado

De acordo com a consultoria NPD DisplaySearch, as vendas globais de TVs com resolução Ultra HD devem fechar 2013 em 1,3 milhão de unidades. Em 2017, 23 milhões de TVs com suporte à tecnologia devem ser vendidas. Com um mercado potencial maior na Ásia em curto prazo, as fabricantes chinesas deverão responder por metade de todas as vendas até 2017.
(Com agência Associated Press)

Nenhum comentário:

Postar um comentário