quinta-feira, 28 de fevereiro de 2013

Suspeito de estuprar grávida liga para polícia e pede para ser preso.

Suspeito de estuprar grávida no DF liga para polícia e pede para ser preso

Ele disse que não conseguiria parar de cometer estupros, afirma delegado.
Homem já havia cumprido seis anos de prisão por esse tipo de crime.

Do G1 
A policia civil do Distrito Federal  apresentou nesta quinta-feira (27) um homem de 26 anos apontado como autor de estupros, entfe eles o de uma mulher grávida de nove meses, ocorrido em novembro do ano passado, na Estrutural. Segundo o delegado o Flávio Messina, o suspeito ligou para a delegacia de Samambaia e pediu para ser preso.
Suspeito foi apresentado pela polícia nesta quinta-feira (28)  (Foto: Káthia Mello/G1 DF) 
Suspeito foi apresentado pela polícia nesta quinta-feira (28) (Foto: Káthia Mello/G1 DF)
“Ele disse que preferia ficar preso do que ser morto na rua, porque achava que não ia parar de cometer estupros”, afirmou Messina.
O suspeito cumpriu pena de seis anos por estupro e estava em liberdade desde agosto de 2012. A polícia informou que ele cometeu um estupro este mês em Samambaia. Ele também tem passagens por roubos em Goiânia e Rondônia. 
 
Crime

O homem entrou na residência da mulher grávida para roubar. Segundo a polícia, ele estava armado com uma faca e estuprou a mulher na frente dos três filhos dela. Na ocasião, também teria molestado a filha da vítima, que tem 12 anos.
Na fuga, o suspeito levou uma televisão, um laptop e o celular. Os produtos foram vendidos para um ferro-velho localizado na Estrutural. O delegado disse que os policiais vão ao local para tentar recuperar os produtos do roubo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário