segunda-feira, 31 de dezembro de 2012

Ladrões invadem casa no Uruguai e levam milhões de herdeiro da Fiat

Ladrões invadem casa no Uruguai e levam milhões de herdeiro da Fiat


Bens avaliados em milhões de euros foram levados na madrugada de domingo de uma chácara que fica em Maldonado, próximo de Punta del Este, no Uruguai.
O imóvel pertence ao empresário Lapo Eduard Elkann, 35, um dos integrantes da família Agnelli, proprietária da montadora Fiat.
Os ladrões levaram € 25 mil (R$ 67,5 mil) e 17 joias que foram avaliados pelo empresário em € 3,5 milhões (R$ 9,4 milhões). O dinheiro, de acordo com fontes policiais citadas pelas mídias argentina e uruguaia, estava dentro de uma mala, enquanto as joias estavam em um cofre embutido na parede, que acabou arrancado por completo.


Eduardo Anizelli/Folhapress
Lapo Eduard Elkann, 35, herdeiro da Fiat, que teve milhões em joias furtados, no Uruguai
Lapo Eduard Elkann, 35, herdeiro da Fiat, que teve milhões em joias furtados, no Uruguai  

Entre os itens levados estão relógios, pulseiras e gargantilhas que, conforme informações passadas pelo italiano à polícia, tinham seguro na Itália.
Elkann chegou ao país ao lado da mulher no sábado (29), de Madri, para passar o fim de ano e férias. O casal e mais sete amigos participavam de um jantar, na própria casa, quando o crime ocorreu, porém só percebeu o furto quando se preparava para ir dormir.
Segundo o jornal argentino "Clarín", investigações preliminares dão conta de que os ladrões entraram pela janela do piso térreo e seguiram ao andar de cima. Do quarto do empresário eles arrancaram o cofre e, no armário, encontraram a mala com o dinheiro.
Dois homens tenham participado da ação, ainda segundo o "Clarín". Para a polícia, eles conheciam bem a região, que é cheia de mansões de luxo, e receberam alguma informação a respeito dos visitantes.

Nenhum comentário:

Postar um comentário